HOME | NOTÍCIAS | VÍDEOS
> NOTÍCIAS

09/05/2019
Projetos da Feira das Ciências levantam reflexão sobre temas sociais e ambientais

Nossos jovens pesquisadores estão de parabéns! Após mais de dois meses de pesquisas e muito trabalho, alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 2º ano do Ensino Médio dividiram seus projetos da Feira das Ciências com toda a comunidade escolar. Além de mostrar a produção, as equipes puderam ouvir diferentes opiniões e debater sobre os temas abordados.
 
 
Ao todo, foram apresentados 49 projetos, abrangendo temas sociais e ambientais, como poluição, feminicídio, consumismo, aborto, política, violência contra crianças e muitos outros. Este ano, os alunos optaram entre quatro modalidades: Jovens conferencistas científicos, na qual realizaram a apresentação oral dos trabalhos; Experimentos científicos; Vídeo e ciência; e Criação de jogos.
 
As famílias compareceram em peso e lotaram as apresentações tanto dos seus filhos quanto dos colegas, incentivando, questionando e dialogando com todos os grupos. “Vi, desde o começo, o engajamento do meu filho, o interesse, a preocupação para que desse tudo certo, as dificuldades do trabalho em grupo e a satisfação de concluir o trabalho. É claro que ele queria mostrar para a gente, e a gente queria muito ver o resultado final. Não deixaria nunca de vir prestigiar”, ressaltou Maria Isabel Couñago, mãe de Felipe Mollicone, aluno do 6º ano que também contou com a presença dos avós Luís e Cléia em sua apresentação.
 
 
A equipe de Diana Menezes, Bernardo Coelho e Rafael Póvoas produziu um vídeo sobre manipulação. Em sua última Feira das Ciências, o grupo do 2º EM contou que o material ultrapassou o limite de tempo estipulado pelo regulamento, mas, por considerarem o conteúdo essencial para a compreensão do vídeo, eles optaram por manter a produção mais longa mesmo sabendo que isso poderia pesar na avaliação. Selene Dias Moreno, uma de nossas diretoras, elogiou a atitude do grupo. “Vocês entenderam a filosofia da escola. Compreenderam que o processo, que o aprendizado é maior que qualquer nota. Parabéns!”, afirmou.
 
Quem também ficou bastante orgulhosa da equipe foi Silvana Oliveira, mãe de Rafael. “O que eu mais admirei foi, primeiramente, a mensagem muito importante para os dias de hoje: ‘não acredite em tudo que você ouve, em tudo que vê’. Às vezes, a gente quer tanto acreditar que nem questiona. Em segundo lugar, destaco que o grupo teve algumas dificuldades durante a produção, mas, em momento nenhum, pensaram em desistir. Eles criaram alternativas para concluir o trabalho e estão de parabéns”, pontuou.
 
 
Uma outra equipe do 2º EM, formada por João Arthur Netto, Bianca Cardoso, Lara Doria, Mariana Duarte e Thais Frank, emocionou o público com um vídeo-relato que trouxe o depoimento de moradores de rua contando suas experiências e seus sonhos. Enxugando as lágrimas, Lara contou que a ideia surgiu ainda nas férias, quando ela ficou bastante impactada ao assistir um documentário sobre a temática. Então, ela mostrou o vídeo aos colegas, que também se sensibilizaram e toparam o desafio de dar voz e um rosto a essa parcela da sociedade. “É impossível passar por uma aprendizagem como essa e não mudar, refletir sobre o quanto a gente tem e quanto a gente pode fazer por outras pessoas, que não têm nada”, disse a aluna Mariana Duarte.
 
 
Uma das novidades deste ano é que, os alunos que optaram por não produzir projetos, auxiliaram os colegas e os visitantes da manhã da Feira. Carinhosamente apelidados de “MIB” e “WIB” (Homens e Mulheres de Preto), eles ficaram nos corredores organizando o acesso às apresentações, dando informações e ajudando na montagem dos stands na quadra. Foram muitos! Nem todos couberam na foto acima, mas vamos citar os nomes aqui. Foram eles: Alex Amaral, Ana Beatriz Araújo, Ana Luiza Mattos, Antonio Neto, Arthur Cardoso, Bernardo Aguiar, Bernardo Oliveira, Cecília Silveira, Cláudia Britto, Davi Viana, Diego Oliveira, Eduardo Guerra, Enzo Correia, Felipe Jezler, Hana Alves, Igor Cardoso, Igor Mello, Isabel Motta, João Barroso, João Joviniano, João Nuno, João Pedro Amorim, João Vitor Guimarães, João Pedro Pamponet, Julia Kataoka, Maria Júlia Vieira, Lara Oliveira, Luana Abbehusen, Lucas Araújo, Lucas Mattos, Lucas Paranhos, Luíza Presídio, Maria Antonia Bandeira, Maria das Graças Silva, Maria Fernanda Reis, Mariana Medrado, Mariana Perrone, Matheus Duarte, Mel Leal, Michelle Almeida, Milton Kiefer, Pedro Hartley, Pedro Rios, Rafael Albuquerque, Rafael Rodrigues, Renato Neto, Rodrigo Andrade, Sophia Dourado, Sofya Libório, Thaila Vieira, Viccenzo Bonanza, Victor Britto, Victor Uall e Yasmin Silva. Obrigado, galera!
 
Foi uma manhã tão rica, tão cheia de aprendizagens, que nem caberia tudo em um único texto. O Anglo parabeniza e agradece a todos os alunos e seus orientadores, a participação das famílias, e a todos aqueles que colaboraram para essa grande celebração do conhecimento. A semente foi plantada. Agora é esperar seus frutos.

 



 
0 comentário(s) para esta notícia.
 


NOME:
E-MAIL:
COMENTÁRIO:

 
Rua Mangalô, 156, Colina A, Patamares, CEP 41680-048 - Tel (71) 3367-2173 | 3367-3040 | 3367-7308 | 3367-3041
secretaria@anglobra.com.br